São José do Rio Preto, SP

Obra de [work of] Marinella Senatore, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Marinella Senatore, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Jungjin Lee e [and] Haris Epaminonda, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Jungjin Lee e [and] Haris Epaminonda, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Uýra, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Uýra, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Victor Anicet, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Victor Anicet, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Claude Cahun, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Claude Cahun, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Jungjin Lee, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Jungjin Lee, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Uýra, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Uýra, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Marinella Senatore, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Marinella Senatore, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Melvin Moti, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Melvin Moti, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Gala Porras-Kim, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Gala Porras-Kim, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Enunciados [statements]:
Enunciados [statements]: "Hiroshima mon amour" de [by] Alain Resnais & "A imagem gravada de Coatlicue" [The Engraved Image of Coatlicue], Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Mariana Caló & Francisco Queimadela, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obra de [work of] Mariana Caló & Francisco Queimadela, Sesc Rio Preto © Priscila Beal / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Daiara Tukano, Sesc Rio Preto © Willian Pereira de Oliveira / Sesc Rio Preto
Obras de [works of] Daiara Tukano, Sesc Rio Preto © Willian Pereira de Oliveira / Sesc Rio Preto

A itinerância em São José do Rio Preto é mais um fruto da longeva parceria da Fundação Bienal de São Paulo com o Sesc – Serviço Social do Comércio, estabelecida desde o primeiro programa de mostras itinerantes, na 29ª Bienal.

O visitante do Sesc Rio Preto encontrará trabalhos que integram núcleos relacionados a dois diferentes enunciados: A imagem gravada de Coatlicue e Hiroshima mon amour de Alain Resnais. O primeiro enunciado se refere à imagem da estátua da deusa asteca Coatlicue, desenhada pelo explorador alemão Alexander von Humboldt. Inserida no espaço expositivo, sua história instiga o diálogo entre artistas e seus trabalhos ao possibilitar reflexões sobre o poder – e o medo – da arte.

O outro enunciado, por sua vez, parte de Hiroshima mon amour, o clássico dirigido por Alain Resnais em 1959. Ao abordar o tema do trauma inenarrável, o filme provoca uma reflexão sobre a arte contemporânea ao propor formas de aproximação da opacidade e da intraduzibilidade do testemunho.

Serviço
34ª Bienal de São Paulo - Faz escuro mas eu canto
Programa de mostras itinerantes

São José do Rio Preto (SP)
Sesc Rio Preto
Av. Francisco das Chagas Oliveira, 1333 – Chácara Municipal, São José do Rio Preto
4 de maio – 31 de julho
terça a sexta-feira: 13h – 21h30
sábados, domingos e feriados: 10h – 18h30
entrada gratuita





  1. Caroline A. Jones, Eyesight Alone: Clement Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
  2. Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
Compartilhe
a- a a+