Identidade visual

© Levi Fanan / Fundação Bienal de São Paulo

Desenvolvida pelo artista e designer Vitor Cesar com Fernanda Porto, Julia Pinto e Deborah Salles, a identidade visual da 34ª Bienal incorpora a poética do ensaio proposta pela curadoria ao desenvolver uma linguagem maleável que pode ser transformada em função dos diferentes contextos da 34ª Bienal. Nesse sentido, são compartilhadas agora as primeiras sintaxes visuais desse sistema, e novas irão aparecer nos diversos espaços de comunicação da mostra ao longo do tempo. “Ao invés de sintetizar uma imagem única, busca-se experimentar uma pluralidade visual em que é possível transitar entre clareza e complexidade com recursos criados a partir de ideias como encontros, atravessamentos, vínculos, vincos, dobras e relevos”, explica o designer. 

Saiba mais na correspondência curatorial de Vitor Cesar, leia aqui

Compartilhe
a- a a+