Adrián Balseca Exposição individual

21 Ago 05 Dez 2021 Museu da Cidade de São Paulo: Casa do Caxingui Exposição individual
Adrián Balseca, <i>Proyecto para retrato familiar (Cuji-Grefa)</i>, Santo Domingo de los Tsáchilas, 2019. Cortesia do artista
Adrián Balseca, Proyecto para retrato familiar (Cuji-Grefa), Santo Domingo de los Tsáchilas, 2019. Cortesia do artista

Adrián Balseca (1989, Quito, Equador) realiza uma instalação na Casa do Caxingui, unidade do Museu da Cidade de São Paulo, em diálogo com sua história.

Com elementos ensaísticos, a pesquisa de Balseca aborda dinâmicas extrativistas e seus impactos ao meio-ambiente. Participou da 21ª Bienal de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil (São Paulo, SP, 2019) e da 1ª osloBIENNALEN (Noruega, 2019 - 2024). É membro fundador do grupo La Selecta-Cooperativa Cultural e parte do coletivo de arte comunitária Tranvía Cero, ambos com sede em Quito.

Curadoria: Gabriela Rios

Saiba mais sobre o artista aqui.

  1. Caroline A. Jones, Eyesight Alone: Clement Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
  2. Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
Compartilhe
a- a a+