Antonio Dias ARQUIVO / O LUGAR DO TRABALHO

01 Set 18 Dez 2021 Instituto de Arte Contemporânea (IAC) Exposição individual
Fotografia de Antonio Dias com marcas de edição para a revista Fatos e Fotos, c. 1965. Fotógrafo: não identificado
Fotografia de Antonio Dias com marcas de edição para a revista Fatos e Fotos, c. 1965. Fotógrafo: não identificado

A exposição Antonio Dias / Arquivo / O lugar do trabalho, que abrirá no dia 1º de setembro no Instituto de Arte Contemporânea – IAC, integra a rede de parcerias da 34ª Bienal Internacional de São Paulo, acompanha fragmentos e rastros materiais das estratégias, ao mesmo tempo políticas e estéticas, delineadas pelo artista brasileiro Antonio Dias durante a década de 1970. Com curadoria de Gustavo Motta, traz ao público notas, projetos, obras, cadernos, publicações, esboços e recortes – oriundos majoritariamente do arquivo de trabalho de Antonio Dias, recém-confiado ao IAC. 

Esses materiais jogam nova luz sobre os procedimentos de reengenharia subversiva da arte efetuados pelo artista – que configuraram intervenções decisivas no debate coletivo da vanguarda artística brasileira do pós-1964, e cujas reverberações críticas aparecem intensificadas no presente. O artista também participa da 34ª Bienal de São Paulo, que poderá ser visitada gratuitamente no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera, de 4 de setembro a 5 de dezembro de 2021.

Curadoria: Gustavo Motta

Saiba mais sobre a artista aqui.

  1. Caroline A. Jones, Eyesight Alone: Clement Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
  2. Greenberg’s Modernism and the Bureaucratization of the Senses (Chicago: University of Chicago Press, 2005).
Compartilhe
a- a a+